quarta-feira, 30 de março de 2016

Eu sei nada...


Qual seria o sentido da vida, senão o maravilhamento da descoberta.
Deus me livre de algum dia vir a saber tudo. Melhor ainda, livre toda a humanidade de alguma vez o vir a saber.

Mantenhamo-nos maravilhados!





___________________________________

Posts relacionados: