sábado, 24 de outubro de 2009

portrait

Para escrever bem, escreva antes de algo que saiba.
Sei, um pouco, de mim. Por isso, lá vai:
Quiz ser astronauta... por motivos óbvios desistí;
quiz ser joquey... muito alto (o cavalo);
quiz ser piloto de avião... sou mais cego que um morcego;
Engenheiro em eletrónica... terrível em física, eletricidade então;
Médico... minhas provas de biologia eram o próprio samba do criolo dóido;
Palhaço... meu humor não é lá aquelas coisas;
Cantor, músico... sssshhhhh;
Ator... morro de vergonha;
Ficava sem opções!
Era um desenho inacabado!
De fora me vinham tantas limitações de dentro!
Podia imaginar o que fosse, sempre encontraria impedimento.
Podia imaginar... (silêncio);
Podia [vi]ver mil forma em caos... ;
Podia cometer erros que outros nem imaginariam que existissem... ;
Posso me movimentar por essa massa sem ferir e ainda encontrar sentido... ;
Posso sonhar acordado, nefelibatar adoidado!
Não ligo mais para o riso nervoso de quem não entendeu, ou os: "lá vai ele de novo...";
Passar para papel e alguem ainda pensar: "Por qué não ví isso primeiro?"
Tantas opções certas!!
Caleidoscópios são cores que se movem e nunca dizem sempre a mesma coisa.
(K=nN+1 imagens diferentes formadas pela mesma informação)
Postar um comentário