quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Comentário

Accidentalmente escutei no meio de um diálogo este comentário, não me lembro onde, sobre o casamento:

"Ame-me quando menos mereça, pois será quando (eu) mais precise."

Acho que como mantra silêncioso pode ser muito útil uma hora ou outra. E capaz de mudar o resultado de uma situação espinhosa. Algo como "Falling feels like flying for a while...", sem a parada brusca no final. É ela que mata.
Postar um comentário